24 de jul de 2011

9 + 10 = 19 meses

Com o passar do tempo as diferenças de idade se tornam diferenças sociais e cada uma delas, de acordo com sua personalidade, tem demonstrado necessidades próprias. As vezes me pergunto se conseguirei dar conta de todas elas.

Alice tem feito muitos progressos desde os últimos registros aqui. Senta com maestria e engatinha de quatro, não mais se arrastando como uma lagartixa. Ja consegue se comunicar reclamando quando não gosta de algo ou batendo palminhas quando está feliz. Nós também já conhecemos mais suas manhas e procuramos saciá-las quando possível.

Gabriela tem interagido bastante conosco em casa, sempre muito prestativa quer ajudar no preparo na gelatina ou mesmo enxugar a louça, quase sempre sem quebrar um copo. Ufa! (Nessas horas, quando é preciso terminar logo o serviço de casa, deixo as questões feministas de lado e ponho todas pra ajudar! Ninguém merece ficar lavando louça e secando após o fabuloso almoço de domingo!) Gabi adora recortar, pintar, montar coisas e quase sempre está aprontando mais uma. É claro que as vezes sobra cortar a calça de moleton ou a toalha da mesa de jantar "... mas é sem querer né mãe!" isso quando não acaba tingindo a toalha de mão do banheiro com tinta. Haja criatividade nessas férias viu!

Gabi e Alice se aproximaram bastante e é notório que a caçula adora a irmã do meio. Gabi tem jeito com Alice, conhece as músicas e desenhos prediletos e sentam juntas para assistir. É fantástico poder participar desses momentos!
E então o que dizer da primogênita!?
Beatriz é uma garota de personalidade e tem se mostrado cada vez mais firme, as vezes até demais, em suas decisões. Particularmente tenho sentido mais dificuldade com esse novo momento de sua vida. É também uma nova fase para nós e nos expõe a situações diversas. Outras mães e pais podem alertar diversas vezes sobre como é árduo lidar com filhos na fase da pré-adolescência, mas nós somente sabemos quando passamos por isso. Aí, como socióloga, questiono porque é tão difícil este diálogo? Onde é que se rompeu este fio condutor que permite a articulação das idéias?

Primeiro lugar é fundamental o respeito por cada fase de suas vidas e suas personalidades. Sem respeito não existe diálogo!
Hoje Alice completa 10 meses e nossas vidas mudaram muito nesses últimos 19 meses, desde que descobrimos que não seríamos mais 4 e sim 5!
O "Rei" da casa não apareceu na foto pois estava de "fotógrafo"
Parabéns Alice!

2 comentários:

  1. A cada a dia é uma descoberta...um novo momento. Não é igual ao que foi 10anos atrás nem quando a Gabi nasceu...tudo é diferente e com as diferenças vamos amadurecendo...vamos descobrindo o que é realmente amor.
    Amo muito tudo isso! Amo minhas mulheres

    ResponderExcluir
  2. Oi mulher linda.. que gostoso ler seus posts.. pena que são tão espaçados..rsss sei que o tempo é corrido para isso né amiga?

    Confesso que tenho bastante medo de quando a Clara chegar nessa fase de pré adolescencia... embora ela tenha 9 anos é bem criançona ainda... no fundo acho bom, rs....

    Mas de fato chegará... e temos que estar preparadas para tudo!!!

    bjs querida

    Jacke

    ResponderExcluir