2 de nov de 2011

E a Bia mudou de time de futebol...

E eu que pensei que isso fosse impossível... Como pode uma pessoa deixar de ser brasileiro? Ta certo que hoje pessoas deixam o próprio sexo para ir ao encontro do que está em sua alma. Mas, time de futebol?

Se eu mudasse de time de futebol, seria como se estivesse traindo gerações de corinthianos. Mais de 100 anos de história deste time se entrelaçam com a minha família. Quando pequena eu escutava lá no Parque São Jorge: "se Deus é brasileiro, Jesus Cristo é corinthiano". Hoje, estudando religião, pude constatar que as pessoas mudam mais de religião do que de time de futebol.

Aparentemente esferas distintas, mas com características muito semelhantes. Uma forte religiosidade marca a adesão de uma pessoa nestes dois espaços sociais, e sem dúvida, deve existir uma empatia do "fiel" com essa nova identidade.

Mas enfim, como mãe e corinthiana, sinto que teremos que aprender a lidar com essa nova escolha da Bia. Mesmo sabendo que ela escolheu errado, kkkk, sei que um dia seu coração se voltará a sua alma de mulher e de corinthiana.