23 de set de 2012

Retornando as pistas



As vezes é preciso exorcizar o passado para voltar a sentir o gostinho da vitória.
Voltar a sentir o sabor de uma conquista que se achava tão distante e quando ela chega, se descobre que estava a alguns passos, poucos Km's.
É preciso dar tempo ao tempo, deixar o vento levar as experiências e sentimentos ruins e preservar o que ha de melhor em nós.
Retornar a essas pistas, especificamente esta prova, onde praticamente minha paixão pela corrida começou me deixou com esse sentimento, de superação, de retorno, de conquista.
Claro que é preciso de uma boa dose - e generosa - de dedicação, mas paciência foi minha parceira desde o início.
Essa prova me traz o sentimento de voltar as pistas mais madura, serena, focada.
Nesta semana em que completei 38 anos vários momentos de minha vida passaram na mente como uma história em quadrinhos e amanhã, quando Alice completa 2 aninhos a comemoração não poderia ser diferente. Correndo!
Muito chorei pelo tempo afastado das pistas e me emociono sempre que ouço o soar de uma largada. Agradeço a Deus pela oportunidade de fazer algo que me trás tanto bem estar. Agradeço a Deus pelas pessoas que colocou em minha vida, e ainda coloca, e me proporcionam sentir a vida nas veias, o coração batendo aceleradamente, a endorfina que arrepia a espinha...
Obrigada Senhor
Obrigada minha família
Obrigada meus amigos, todos eles